Nós só queremos ficar em paz

Postado em

Olá, tudo bem?

As redes sociais foram bombardeadas hoje (26), com notícias, comentários e protestos a respeito de uma garota de 17 anos que foi vitíma de um estupro coletivo, realizado por 30 homens, e o motivo disso é porque ela traiu o namorado? E daí???? Isso é motivo de violentar uma pessoa e expor e ridicularizar sua imagem? Em que mundo estamos vivendo? 

Meu coração está muito triste com tudo isso, pois sou uma mulher e imagino a dor e o trauma que ela está sentindo agora. Certamente, essa menina sofrerá para o resto da vida, pois agora o que ela tem não é apenas danos físicos, mas também psicológicos. Agora vamos pensar comigo, vocês HOMENS, como é ser uma mulher. Somos constantemente vítimas dos mais variados abusos, como o seu “fiu fiu” que odiamos, a sua falta de respeito quando estamos com uma roupa considerada mais provocativa, os seus atos forçados de tentar nos agarrar em festas, os seus olhares devoradores que nos deixam extremamente desconfortáveis e outras coisas que vocês fazem que nos deixam com medo de andarmos de ônibus, táxi e a pé sozinhas. Nós temos medo de absolutamente tudo que possa nos colocar em risco! Tudo! E sabe porque? Fruto de uma sociedade que põe a culpa sempre em nós, pois nós que pedimos para sofrermos tais atos. Chega! Chega de tanta repressão e sofrimento. Nós mulheres não aguentamos mais passar por tudo isso. Estamos esgotadas de sofrermos por simplesmente sermos mulheres. Alguns homens agem como desumanos, mas não se lembram que isso poderia estar acontecendo com sua mãe, irmã ou namorada. 

O que está faltando nessa sociedade é amor e paz. O que está acontecendo com a humanidade? Porque cada um não pode viver sem se violentar, se agredir? É tão difícil viver de uma forma civilizada e sem atrocidades? 

Vivo em um mundo em que as pessoas estão cada vez mais doentes da alma, mas eu não vou desistir. Eu quero um mundo melhor para as minhas filhas e netas, não quero que elas sintam o mesmo medo que eu sinto. 

Agora um recado para você que está lendo isso. Se você já sofreu algum tipo de abuso, assédio, seja o que for, lembre-se: você é muito maior do todos os seus traumas e o que você já passou! Não sei seu nome, ou quem você é, mas sinta-se abraçada por mim, um abraço de irmã. Deus te ama, e pode ter certeza que Ele está cuidando de ti. 

Beijão,

Marília. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s